Frete grátis nos produtos marcados

Desconto adicional de 2% em compras em quantidade

Entregamos em todo o Brasil

Desconto adicional de 2% em compras no boleto bancário

receba nossas ofertas

ARTROSIL 320 MG CAIXA 10 CÁPSULAS
Preço, Indicação, Para que Serve e Composição

ver produtos semelhantes a Artrosil

ARTROSIL

compartilhe

Saiba pra que serve o produto Artrosil 320 mg caixa 10 cápsulas da Ache e todas as suas principais indicações. Leia a bula completa e saiba pra que serve este e como ele funciona nos casos de antiinflamatório.

principal indicação

Antiinflamatório.

Artrosil 320 mg caixa 10 cápsulas -  Ache

de R$ 31,78

por R$ 28,60

ou R$ 28,03 no boleto bancário (2% de desconto)

em 6x R$ 4,77 no cartão de crédito**

  • 1x R$ 28,60
  • 4x** Consulte
  • 2x* R$ 14,87
  • 5x** Consulte
  • 3x* R$ 10,30
  • 6x** Consulte

**Juros da Administradora. Consulte a mesma para saber a taxa de juros aplicada.

*parcelas com acréscimo.

simule os fretes disponíveis para sua região

Artrosil 320 mg caixa 10 cápsulas -  Ache
entregamos em todo Brasil
ISTO É UM MEDICAMENTO, NÃO USE SEM PREESCRIÇÃO MÉDICA E ORIENTAÇÃO DO FARMACÊUTICO. AO PERSISTIREM OS SINTOMAS O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.
  • bula



ARTROSIL

lisinato de cetoprofeno

Cápsulas de liberação prolongada de 160 e 320 mg em blíster de 20

USO ADULTO

USO ORAL

Composição completa:

Cada cápsula de liberação prolongada contém:

lisinato de cetoprofeno .............................................................................. 160 mg

Excipientes: carbômer 934, estearato de magnésio, povidona, talco, eudragit e

dietilftalato.

Lisinato de cetoprofeno .............................................................................. 320 mg

Excipientes: carbômer 934, estearato de magnésio, povidona, talco, eudragit e

dietilftalato.

INFORMAÇÃO AO PACIENTE:

ARTROSIL atua diminuindo a dor, inflamação e a febre por possuir atividade

antiinflamatória, analgésica e antipirética, principalmente nas articulações, músculos e

tecidos moles.

ARTROSIL, quando conservado em temperatura ambiente (temperatura entre 15 e 30°C),

ao abrigo da luz e umidade, apresenta uma validade de 36 meses a contar da data de sua

fabricação. NUNCA USE MEDICAMENTO COM O PRAZO DE VALIDADE VENCIDO.

ALÉM DE NÃO OBTER O EFEITO DESEJADO, PODE PREJUDICAR A SUA SAÚDE.

Informe seu médico a ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou após o seu

término. Informar ao médico se está amamentando.

Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração

do tratamento.

Não interromper o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

Informe seu médico o aparecimento de reações desagradáveis. Algumas reações

desagradáveis de caráter transitório podem ocorrer, tais como dor de estômago, náusea,

vômito, diarréia e distensão abdominal devido à presença de gases.

TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.

A ingestão concomitante com alimentos tem uma ação mínima na absorção do

medicamento.

ARTROSIL é contra-indicado em pacientes que apresentem hipersensibilidade a

quaisquer dos componentes de sua fórmula.

ARTROSIL não é recomendado em pacientes com úlceras gástricas ativas, história

positiva de úlcera péptica recorrente, gastrite, distúrbios crônicos da função digestiva,

insuficiência renal grave, na gravidez, durante a amamentação ou na infância.

Informe seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do início, ou

durante o tratamento.

NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO. PODE SER

PERIGOSO PARA A SAÚDE.

INFORMAÇÃO TÉCNICA:

ARTROSIL possui pronunciada ação analgésica, antiinflamatória e antipirética.

A manifestação flogística dolorosa é anulada ou atenuada, favorecendo a mobilidade

articular.

O lisinato de cetoprofeno possui maior solubilidade e melhor tolerabilidade, sobretudo no

sistema gastrintestinal em relação ao cetoprofeno - ác. 2-(3-benzoilfenil) propiônico.

A forma de liberação prolongada controla a liberação do princípio ativo, do ambiente ácido

ao ambiente neutro, o que permite uma dupla atividade terapêutica: a primeira imediata, a

segunda de prolongar a absorção do fármaco, mantendo o nível plasmático do

medicamento por 24 horas.

ARTROSIL é pouco tóxico, com uma DL50, conforme a via de administração, de cerca de

300 mg/kg no rato equivalente a 80-100 vezes à dose ativa como antiinflamatório e

analgésico. O produto não é teratogênico e não está correlacionado quimicamente com

fármacos nos quais se nota ação cancerígena.

O cetoprofeno sal de lisina de liberação imediata é rapidamente absorvido, com máxima

concentração plasmática a 60-90 minutos por via oral, a meia vida é de 1-2 horas.

O cetoprofeno passa para o líquido sinovial e persiste a uma taxa superior à concentração

plasmática após 4 horas de administração oral.

A eliminação é essencialmente urinária e “in natura”: 50% do produto administrado por via

sistêmica é excretado na urina em 6 horas.

A metabolização é relevante: cerca de 55% do produto administrado por via sistêmica é

encontrado sob forma de metabólito na urina.

Pelo que diz respeito em particular a forma de liberação prolongada, a experiência

farmacocinética no homem evidencia o seguinte:

- concentração máxima no plasma mais baixa;

- mudança do tempo de pico de 1-1,5 horas para 4-6 horas de administração;

- aumento do tempo de permanência da droga no plasma sangüíneo de cerca de 5-6

horas a cerca de 20-24 horas;

- biodisponibilidade não inferior a 80%.

Indicações:

Artrose, coxartrose, espondiloartrose, artrite reumatóide, bursite, flebite e tromboflebite

superficial, contusão, entorse, luxação, distensão muscular.

Contra-indicações:

ÚLCERA PÉPTICA NA FASE ATIVA, ANAMNESE POSITIVA DE ÚLCERA PÉPTICA

RECORRENTE, DISPEPSIA CRÔNICA, GASTRITE, INSUFICIÊNCIA RENAL GRAVE,

LEUCOPENIA E PLAQUETOPENIA, GRAVE DISTÚRBIO DE HEMOCOAGULAÇÃO.

HIPERSENSIBILIDADE A QUAISQUER COMPONENTES DE SUA FÓRMULA.

EXISTE A POSSIBILIDADE DE HIPERSENSIBILIDADE CRUZADA COM ÁCIDO

ACETILSALICÍLICO OU OUTROS FÁRMACOS ANTIINFLAMATÓRIOS NÃOESTEROIDAIS.

PORTANTO, O CETOPROFENO NÃO DEVE SER ADMINISTRADO A

PACIENTES NOS QUAIS O ÁCIDO ACETILSALICÍLICO OU OUTROS FÁRMACOS

ANTIINFLAMATÓRIOS NÃO- ESTEROIDAIS TENHAM PROVOCADO SINTOMAS DE

ASMA, RINITE, URTICÁRIA.

O USO DE LISINATO DE CETOPROFENO É CONTRA-INDICADO DURANTE O

PRIMEIRO E O ÚLTIMO TRIMESTRE DE GESTAÇÃO, POIS PODE CAUSAR

HIPERTENSÃO PULMONAR E TOXICIDADE RENAL NO FETO, CARACTERÍSTICA

COMUM AOS INIBIDORES DA SÍNTESE DE PROSTAGLANDINAS. PODE TAMBÉM

LEVAR AO AUMENTO DO TEMPO DE SANGRAMENTO DAS GESTANTES E FETOS E

CONSEQÜENTEMENTE EVENTUAIS MANIFESTAÇÕES HEMORRÁGICAS NO

RECÉM-NASCIDO. HÁ RISCO DE RETARDAR O TRABALHO DE PARTO.

Precauções:

O USO DE CETOPROFENO EM PACIENTES COM ASMA BRÔNQUICA OU COM

DIÁTESES ALÉRGICAS PODE PROVOCAR UMA CRISE ASMÁTICA.

EM PACIENTES COM FUNÇÃO RENAL COMPROMETIDA, A ADMINISTRAÇÃO DE

CETOPROFENO DEVE SER EFETUADA COM PARTICULAR CAUTELA LEVANDO-SE

EM CONSIDERAÇÃO A ELIMINAÇÃO ESSENCIALMENTE RENAL DO FÁRMACO.

EMBORA NÃO TENHA SIDO OBSERVADA EXPERIMENTALMENTE TOXICIDADE

EMBRIOFETAL COM CETOPROFENO NAS DOSES PREVISTAS PARA USO CLÍNICO,

A ADMINISTRAÇÃO EM MULHERES GRÁVIDAS, DURANTE A AMAMENTAÇÃO OU

NA INFÂNCIA NÃO É RECOMENDADA.

Interações medicamentosas:

Devido à elevada ligação de cetoprofeno com proteínas plasmáticas, é necessário reduzir

a dosagem de anticoagulantes, fenitoínas ou sulfamidas quando administrados

concomitantemente. O uso com ácido acetilsalicílico reduz o nível sérico de cetoprofeno e

aumenta o risco de distúrbios gastrintestinais. No caso da administração com lítio há

aumento de seu nível sérico podendo levar à intoxicação. Foi observado aumento da

toxicidade do metotrexato em decorrência da diminuição de seu “clearance” renal. A

probenecida reduz as perdas de cetoprofeno e aumenta seu nível sérico. A

metoclopramida reduz a biodisponibilidade do cetoprofeno e pode ocorrer uma pequena

redução de sua absorção no uso simultâneo com hidróxidos de magnésio ou alumínio.

Reações adversas:

ASSIM COMO COM OUTROS ANTIINFLAMATÓRIOS NÃO-ESTEROIDAIS, PODEM

OCORRER DISTÚRBIOS TRANSITÓRIOS, NO TRATO GASTRINTESTINAL, TAIS

COMO GASTRALGIA, NÁUSEA, VÔMITO, DIARRÉIA E FLATULÊNCIA.

EXCEPCIONALMENTE FORAM OBSERVADAS HEMORRAGIA GASTRINTESTINAL,

DISCINÉSIA TRANSITÓRIA, ASTENIA, CEFALÉIA, SENSAÇÃO DE VERTIGEM E

EXANTEMA CUTÂNEO.

O PRODUTO PODE SER TOMADO ÀS REFEIÇÕES OU COM LEITE, A FIM DE EVITAR

POSSÍVEIS DISTÚRBIOS GASTRINTESTINAIS.

Posologia:

ARTROSIL 160 mg: Uma cápsula duas vezes ao dia durante ou após às refeições.

A duração do tratamento deve ser a critério médico.

ARTROSIL 320 mg: Uma cápsula ao dia durante ou após às refeições.

A duração do tratamento deve ser a critério médico.

Conduta na superdosagem:

Não há relato de fenômenos de superdosagem, mas se ocorrer recomenda-se a

hospitalização do paciente e lavagem gástrica para eliminação rápida do produto. Deve

ser aplicado o tratamento sintomático.

Pacientes idosos:

As mesmas orientações dadas aos adultos devem ser seguidas para os pacientes idosos,

observando-se as recomendações específicas para os grupos de pacientes descritos nos

itens “Advertências e Precauções” e “Contra-Indicações”.

MS – 1.0573.0128

Farmacêutica Responsável: Dr. Wilson R. Farias CRF-SP n°. 9555

Produzido por

Valpharma S.A.

Serravalle – República de San Marino

Importado e embalado por

Aché Laboratórios Farmacêuticos S.A.

Via Dutra, km 222,2

Guarulhos - SP

CNPJ 60.659.463/0001-91

Indústria Brasileira

Logo CAC

número do lote, data de fabricação e prazo de validade: vide embalagem externa

VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA