Frete grátis nos produtos marcados

Desconto adicional de 2% em compras em quantidade

Entregamos em todo o Brasil

Desconto adicional de 2% em compras no boleto bancário

receba nossas ofertas

BENERVA 300 MG FRASCO 30 COMPRIMIDOS REVESTIDOS
Preço, Indicação, Para que Serve e Composição

ver produtos semelhantes a Benerva

BENERVA

compartilhe

Saiba pra que serve o produto Benerva 300 mg frasco 30 comprimidos revestidos da Roche e todas as suas principais indicações. Leia a bula completa e saiba pra que serve este e como ele funciona nos casos de carência em vitamina b1 provocada pelo menor aporte ou alterações na absorção.

principal indicação

Carência em vitamina B1 provocada pelo menor aporte ou alterações na absorção.

Benerva 300 mg frasco 30 comprimidos revestidos -  Roche

de R$ 20,11

por R$ 18,10

ou R$ 17,74 no boleto bancário (2% de desconto)

em 6x R$ 3,02 no cartão de crédito**

  • 1x R$ 18,10
  • 4x** Consulte
  • 2x* R$ 9,41
  • 5x** Consulte
  • 3x* R$ 6,52
  • 6x** Consulte

**Juros da Administradora. Consulte a mesma para saber a taxa de juros aplicada.

*parcelas com acréscimo.

simule os fretes disponíveis para sua região

Benerva 300 mg frasco 30 comprimidos revestidos -  Roche
entregamos em todo Brasil
ISTO É UM MEDICAMENTO, NÃO USE SEM PREESCRIÇÃO MÉDICA E ORIENTAÇÃO DO FARMACÊUTICO. AO PERSISTIREM OS SINTOMAS O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.
  • bula

BENERVA
VITAMINA B1

- IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO

Nomes genéricos

Vitamina B1, Tiamina ou Aneurina.

- Forma farmacêutica e apresentação

Comprimidos: caixa com 30 comprimidos

USO ADULTO E PEDIÁTRICO

- Composição

Cada comprimido contém 300 mg de Vitamina B1 (tiamina ou aneurina).

- INFORMAÇÃO AO PACIENTE

Este medicamento é útil para prevenir e tratar a carência (deficiência) de vitamina B1 no organismo. No entanto, você deve considerar como princípio básico que todo medicamento só deve ser tomado mediante receita médica. Não tome, não doe e nem recomende este ou outros remédios, sem o conhecimento de seu médico.

Os comprimidos de Benerva® devem ser tomados com um pouco de líquido. Não devem fazer uso de Benerva® pacientes sensíveis à vitamina B1.

Benerva® em geral é bem tolerado, porém podem ocorrer eventualmente reações imprevisíveis e dependentes da tolerância individual ao medicamento. Caso ocorram reações com o uso do Benerva®, suspenda a medicação e informe imediatamente seu médico.

Prazo de validade

Benerva® tem prazo de validade a partir da data de sua fabricação (impressa na parte externa da embalagem). Não é recomendável o uso de qualquer remédio com prazo de validade vencido.

- Cuidados de conservação

Mantenha as embalagens fechadas e em local seco e fresco.

TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.

NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DE SEU MÉDICO. PODE SER PERIGOSO PARA A SUA SAÚDE.

SIGA CORRETAMENTE O MODO DE USAR; NÃO DESAPARECENDO OS SINTOMAS, PROCURE ORIENTAÇÃO MÉDICA.

- INFORMAÇÃO TÉCNICA

- Propriedades e efeitos

Como constituinte da carboxilase, a vitamina B1 participa ativamente do metabolismo de glicídios, lipídios e proteínas. É também indispensável ao metabolismo do tecido nervoso e muscular, devido à sua intervenção, em vários estágios, nas fases energéticas e hormonais da função neuromuscular.

Os primeiros sinais de carência de vitamina B1 são de natureza psíquica, tais como alterações do humor e da capacidade intelectual, podendo seguir-se os sintomas de um estado depressivo, anorexia , astenia, debilidade neuromuscular, distúrbios digestivos, cardiovasculares e outros. Em estágio mais avançado, ocorre processo inflamatório e degenerativo dos nervos motores e sensitivos (polineurite). A forma mais grave de carência da vitamina B1 é o beribéri e podem surgir também paralisias, ataxia, degenerescência muscular, dispnéia e insuficiência e dilatação do coração direito.

- Farmacocinética

Após ter sido absorvida, principalmente na porção superior do duodeno, a vitamina B1 é
transformada em pirofosfato de tiamina (ou cocarboxilase), que é a sua forma ativa.

A vitamina B1 é indispensável para a descarboxilação oxidativa do ácido pirúvico e do ácido 2-oxoglutárico e também, tanto quanto o grupo prostético da transcetolase, age na degradação dos glicídios através do intermediário do ciclo das pentoses-fosfato.

O tempo de meia-eliminação do organismo é de 10 a 20 horas. É excretada sob a forma de metabólitos (uma pequena fração inalterada), a maior parte através dos rins. A taxa sangüínea normal de vitamina B1 está compreendida entre 2 a 4 mcg/100 ml.

A carência em tiamina está diretamente relacionada ao aporte de glicídios (0,4 mg/1000 kcal). Em caso de alimentação rica em glicídios, o aporte de vitamina B1 deve ser adaptado.

O teste de ativação da transcetolase permite reconhecer um déficit de vitamina B1 em estágio inicial.

- Indicações

Carência em vitamina B1 provocada pelo menor aporte ou alterações na absorção (p.ex., no caso de alcoolismo) e que estão relacionadas a uma redução da eliminação urinária da tiamina, elevação da taxa sangüínea de piruvato e 2-oxoglutarato, bem como uma queda da concentração de pirofosfato de tiamina nos eritrócitos. Sintomas clínicos: polineurites, bradicardia , alterações do psiquismo.

Necessidades aumentadas de vitamina B1 durante a gravidez e amamentação.

Terapêutica do beribéri (avitaminose B1) que se apresenta sob as formas seca ou úmida e se traduz por fraqueza muscular, parestesias e paralisias.

Cardiomiopatia alcoólica

Doença de Wernicke

Como adjuvante no tratamento das neurites e polineurites.

- Restrições de uso

Benerva® está contra-indicado a pacientes sensíveis à vitamina B1 (tiamina).

- Interações medicamentosas

Não existe registro de interação da vitamina B1 (oral) com outras drogas.

- Reações adversas

Não existem informações disponíveis sobre efeitos adversos provocados pela vitamina B1
administrada por via oral. No entanto, dependendo da sensibilidade individual, podem ocorrer reações imprevisíveis. Neste caso, suspenda o uso de Benerva® e informe imediata mente seu médico.

- Posologia padrão

Em geral, um comprimido, uma a 2 vezes ao dia, ou a critério médico.

- Sintomas e tratamento de superdosagem

Não foram descritos, até o momento, sintomas de superdosagem com o uso de Benerva®. No entanto, caso este fato venha a ocorrer, deverão ser adotadas as medidas padronizadas para o tratamento de intoxicações.
Laboratório
Bayer.