Frete grátis nos produtos marcados

Desconto adicional de 2% em compras em quantidade

Entregamos em todo o Brasil

Desconto adicional de 2% em compras no boleto bancário

receba nossas ofertas

LEGALON 180 MG CAIXA 20 CÁPSULAS
Preço, Indicação, Para que Serve e Composição

ver produtos semelhantes a Legalon

LEGALON

compartilhe

Saiba pra que serve o produto Legalon 180 mg caixa 20 cápsulas da Nycomed e todas as suas principais indicações. Leia a bula completa e saiba pra que serve este e como ele funciona nos casos de no tratamento dos distúrbios digestivos funcionais que ocorrem nas hepatopatias.

principal indicação

No tratamento dos distúrbios digestivos funcionais que ocorrem nas hepatopatias.

Legalon 180 mg caixa 20 cápsulas -  Nycomed

de R$ 87,54

por R$ 78,79

ou R$ 77,21 no boleto bancário (2% de desconto)

em 6x R$ 13,13 no cartão de crédito**

Produto Indisponível - Avise-me quando chegar
  • 1x R$ 78,79
  • 4x** Consulte
  • 2x* R$ 40,97
  • 5x** Consulte
  • 3x* R$ 28,36
  • 6x** Consulte

**Juros da Administradora. Consulte a mesma para saber a taxa de juros aplicada.

*parcelas com acréscimo.

simule os fretes disponíveis para sua região

Legalon 180 mg caixa 20 cápsulas -  Nycomed
entregamos em todo Brasil
  • bula

Laboratório
Nycomed

Apresentação de Legalon
Drg. 70 mg - emb. c/ 30 unidades. cáps. 140 mg - emb. c/ 20 unidades. Susp.: fr. c/ 100 ml (10mg/ml)

Legalon - Informações
A silimarina, componente ativo do Legalon, age como estabilizador das membranas dos hepatócitos, resguardando sua integridade e, assim, a função fisiológica do fígado; protege, experimentalmente, a célula hepática da influência nociva de substâncias tóxicas endógenas e/ou exógenas. Desta maneira, Legalon atua de forma benéfica como coadjuvante no tratamento das doenças hepáticas crônicas inflamatórias, cirrose hepática e lesões hepatotóxicas, promovendo rápida melhora dos sintomas clínicos, como cefaléia, astenia, anorexia, distúrbios digestivos, sensação de peso epigástrico, etc. Em animais, a silimarina demonstrou acelerar a regeneração do parênquima hepático, aparentemente aumentando a síntese de RNA no fígado.

Legalon - Indicações
No tratamento dos distúrbios digestivos funcionais que ocorrem nas hepatopatias.

Contra-indicações de Legalon
Hipersensibilidade conhecida aos componentes da fórmula.

Advertências
A administração do preparado não exige precauções especiais. Estudos de fertilidade em animais realizados com Legalon não indicaram efeitos prejudiciais relativos à reprodução, desenvolvimento feto/embrião, parto e pós-parto. Atenção diabéticos: Legalon Drágeas contém açúcar. Legalon Cápsulas contêm o corante amarelo de tartrazina que pode causar reações de natureza alérgica, entre as quais asma brônquica, especialmente em pessoas alérgicas ao ácido a cetilsalicílico.

Uso na gravidez de Legalon
Não há experimentos disponíveis com Legalon em humanos durante a gravidez e lactação. Portanto, Legalon somente deve ser utilizado nesses casos sob orientação médica.

Interações medicamentosas de Legalon
Até o momento não foram relatados casos de interação medicamentosa com o uso do produto.

Reações adversas / Efeitos colaterais de Legalon
Foram relatados raros casos de gastralgias e episódios diarreicos. Excepcionalmente podem ocorrer reações alérgicas cutâneas.

Legalon - Posologia
Conforme a gravidade dos sintomas, recomenda-se: Legalon 70 (Drágeas): 1 a 2 drágeas, três vezes ao dia, após as refeições, durante 5 a 6 semanas. Legalon 140 (Cápsulas): 1 a 3 cápsulas ao dia, após as refeições, durante 5 a 6 semanas. Legalon Suspensão - AGITE ANTES DE USAR: Crianças de 10 a 15 kg: 2,5 ml (1/2 colher das de chá), 3 vezes ao dia. Crianças de 15 a 30 kg: 5 ml (1 colher das de chá), 3 vezes ao dia. Adolescentes: 7,5 ml (1 ½ colher das de chá), 3 vezes ao dia. Adultos: 10 ml (2 colheres das de chá), 3 vezes ao dia. Nos casos mais graves, e a critério médico, estas doses podem ser aumentadas.

Superdosagem
Na eventualidade da ingestão acidental de doses muito acima das preconizadas, recomenda-se adotar as medidas habituais de controle das funções vitais. Não foram relatados, até o momento, sintomas relacionados à superdose. Na eventualidade da ingestão acidental de doses muito acima das preconizadas, procure imediatamente assistência médica. Não tome nenhuma medida sem antes consultar um médico. Informe ao médico o medicamento que utilizou, a dose (quantidade) e os sintomas presentes.