Frete grátis nos produtos marcados

Desconto adicional de 2% em compras em quantidade

Entregamos em todo o Brasil

receba nossas ofertas

SLOW-K 600 MG FRASCO 20 DRÁGEAS
Preço, Indicação, Para que Serve e Composição

ver produtos semelhantes a Slow-k

SLOW-K

compartilhe

Saiba pra que serve o produto Slow-k 600 mg frasco 20 drágeas da Novartis e todas as suas principais indicações. Leia a bula completa e saiba pra que serve este e como ele funciona nos casos de slow-k é indicado no tratamento e/ou prevenção da hipocalemia.

Slow-k 600 mg frasco 20 drágeas -  Novartis

de R$ 11,13

por R$ 10,02

em 6x R$ 1,67 no cartão de crédito**

  • 1x R$ 10,02
  • 4x** Consulte
  • 2x R$ 5,01
  • 5x** Consulte
  • 3x R$ 3,34
  • 6x** Consulte

**Juros da Administradora. Consulte a mesma para saber a taxa de juros aplicada.

simule os fretes disponíveis para sua região

Slow-k 600 mg frasco 20 drágeas -  Novartis
entregamos em todo Brasil
ISTO É UM MEDICAMENTO, NÃO USE SEM PREESCRIÇÃO MÉDICA E ORIENTAÇÃO DO FARMACÊUTICO. AO PERSISTIREM OS SINTOMAS O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.
  • bula

SLOW-K
Composição - SLOW-K
cloreto de potássio (correspondente a 8 mEq deK+) 600 mg; excipiente q.s.p. 1 drágea1. Excipiente basicamente constituído de estearato de magnésio, gelatina, hipromelose, dióxido de titânio, talco, açúcar2, polivinilpirrolidona, carbonato de cálcio e metilparabeno.

Posologia e Administração - SLOW-K
para prevenção de hipocalemia: 2 a 3 drágeas3 por dia (16- 24 mEq de K+). Para correção de hipocalemia: 5 a 12 drágeas3 por dia (40-100 mEq de K+), conforme a concentração plasmática inicial de potássio. Verificar a resposta ao tratamento através da avaliação periódica da concentração potássica. As drágeas3 deverão ser tomadas após as refeições, com a ajuda de bastante líquido. Não quebrar, mastigar ou chupar as drágeas3. Após a liberação do cloreto de potássio, o excipiente insolúvel será eliminado através das fezes. - Superdosagem: a hipercalemia se caracteriza por problemas cardiovasculares (alterações no ECG, arritmia4, bloqueio de ramo, fibrilação ventricular) e neuromusculares (parestesias5, convulsões, paralisia6 respiratória). Inativar o potássio em excesso por indução de vômito7, lavagem gástrica8 e clister de sulfonato de poliestireno sódico ou outra resina trocadora de cátions.

Precauções - SLOW-K
em tratamentos prolongados, recomenda- se o controle periódico da concentração plasmática de potássio, principalmente na presença de afecções com risco de hipercalemia (doença renal9, cardiopatia). Igualmente, devem ser avaliados o equilíbrio ácido-base, os outros eletrólitos séricos, o ECG e o estado clínico do paciente. A carência de magnésio induzida por diuréticos10 impede a correção do déficit de potássio. A hipomagnesemia e a hipocalemia devem ser corrigidas simultaneamente. - Interações medicamentosas: administrar o produto com cautela nos pacientes sob tratamento com inibidores de enzima11 de conversão, anticolinérgicos e medicamentos que possam conduzir a uma hipercalemia (antiinflamatórios não hormonais, betabloqueadores, heparina e digoxina). - Advertências: se ocorrerem distúrbios gastrintestinais graves (náuseas12, vômitos13, dores intensas, hemorragias14 gastrintestinais) suspender imediatamente a medicação, pois esses sintomas15 podem ser indicativos de ulcerações do aparelho digestivo16. Devido ao risco de hipercalcemia, a utilização de sais de potássio em pacientes portadores de nefropatia17 crônica, ou qualquer outra situação onde a excreção potássica esteja alterada, impõe uma vigilância estrita à concentração plasmática de potássio, com ajustamento posológico adequado.

Reações adversas - SLOW-K
embora raramente, podem ocorrer distúrbios gastrintestinais ou erupções cutâneas.

Contra-Indicações - SLOW-K
hipersensibilidade aos componentes da fórmula. Na insuficiência renal18 grave, mesmo quando ainda não associada a uma hipercalemia manifesta. No tratamento concomitante com diuréticos10 poupadores de potássio. Nas situações onde o trânsito gastrintestinal esteja diminuído ou inibido (obstrução esofágica, estenose ou atonia de um segmento do trato gastrintestinal). Durante a gravidez19. A hipocalemia associada à acidose20 metabólica não deverá ser tratada com cloreto de potássio, mas sim através de um sal alcalino, tal como, bicarbonato, citrato ou acetato de potássio.

Indicações - SLOW-K
correção e/ou prevenção da hipocalemia, nos casos de: ingestão insuficiente através da alimentação (anorexia nervosa21, alcoolismo crônico22, etc.). Perdas potássicas renais ou gastrintestinais aumentadas, em razão de alguma doença, ou pelo uso intensivo de certos medicamentos. Alterações no transporte transcelular de potássio (paralisia6 familiar periódica hipocalêmica, anemia megaloblástica23 aguda), a título de complemento ao tratamento específico.

Apresentação - SLOW-K
embalagens com 20 drágeas3.


SLOW-K - Laboratório

NOVARTIS
Av. Prof. Vicente Rao, 90 - Brooklin
São Paulo/SP - CEP: 04706-900
Tel: 55 (011) 532-7122
Fax: 55 (011) 532-7942
Site: http://www.novartis.com/