Frete grátis nos produtos marcados

Desconto adicional de 2% em compras em quantidade

Entregamos em todo o Brasil

receba nossas ofertas

SULFATO DE NEOMICINA/BACITRACINA ZINCICA POM BISNAGA 15G
Preço, Indicação, Para que Serve e Composição

SULFATO DE NEOMICINA/BACITRACINA ZINCICA POM BISNAGA 15G

compartilhe

Saiba pra que serve o produto Sulfato de neomicina/bacitracina zincica pom bisnaga 15g da Ems e todas as suas principais indicações. Leia a bula completa e saiba pra que serve este e como ele funciona nos casos de antibiótico.

Sulfato de neomicina/bacitracina zincica pom bisnaga 15g  -  Ems

de R$ 7,22

por R$ 2,89

em 6x R$ 0,48 no cartão de crédito**

Produto Indisponível - Avise-me quando chegar
  • 1x R$ 2,89
  • 4x** Consulte
  • 2x R$ 1,45
  • 5x** Consulte
  • 3x R$ 0,96
  • 6x** Consulte

**Juros da Administradora. Consulte a mesma para saber a taxa de juros aplicada.

simule os fretes disponíveis para sua região

Sulfato de neomicina/bacitracina zincica pom bisnaga 15g  -  Ems
entregamos em todo Brasil
ISTO É UM MEDICAMENTO, NÃO USE SEM PREESCRIÇÃO MÉDICA E ORIENTAÇÃO DO FARMACÊUTICO. AO PERSISTIREM OS SINTOMAS O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.
  • bula

FERID

sulfato de neomicina + bacitracina zíncica

Pomada dermatológica

IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO

FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO:

Pomada dermatológica 5 mg + 250 UI: caixa com 1 bisnaga de 10g

USO PEDIÁTRICO E ADULTO

COMPOSIÇÃO:

Pomada dermatológica

Cada grama contém:

sulfato de neomicina .................................. 5 mg

bacitracina zíncica ..................................... 250 UI

Excipientes: lanolina anidra, álcool cetílico, polissorbato, óleo mineral e petrolato.

INFORMAÇÕES AO PACIENTE

AÇÃO ESPERADA DO MEDICAMENTO:

FERID é um antiinfeccioso tópico de uso externo. Contém dois antibióticos, a

neomicina e a bacitracina, que juntos inibem o crescimento de vários tipos de

bactérias, principalmente as que costumam causar infecções de pele e de mucosas.

FERID é eficaz para tratar e para prevenir infecções de pele e de mucosas.

CUIDADOS DE CONSERVAÇÃO:

Conserve o produto na embalagem original, em temperatura ambiente (15 a 30ºC).

PRAZO DE VALIDADE:

24 meses a partir da data de fabricação (vide cartucho). Não use medicamentos com o

prazo de validade vencido.

GRAVIDEZ E LACTAÇÃO:

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação

médica. Informe imediatamente seu médico em caso de suspeita de gravidez. Informe

seu médico a ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou após o seu término.

Informe ao médico se está amamentando.

CUIDADOS DE ADMINISTRAÇÃO:

Não aplicar sobre os olhos. Antes de aplicar o produto, lavar a região afetada com

água e sabão e secar cuidadosamente o local; depois da aplicação, pode-se cobrir a

zona tratada com gaze. Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os

horários, as doses e a duração do tratamento.

Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

REAÇÕES ADVERSAS:

Informe seu médico o aparecimento de reações desagradáveis, como: alergia local

(eczema ou dermatite de contato), alterações da função renal, diminuição da audição,

dores musculares ou formigamento.

TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS

CRIANÇAS.

CONTRA-INDICAÇÕES E PRECAUÇÕES:

O produto não deve ser usado por pacientes com hipersensibilidade aos componentes

da fórmula, à neomicina ou aos outros antibióticos aminoglicosídeos, insuficiência

renal grave, danos preexistentes no aparelho auditivo ou no sistema labiríntico,

durante a gravidez ou a amamentação, em bebês prematuros e em recém-nascidos.

Deve ser usado com cautela e somente após consulta ao médico em pacientes com

distúrbios neuromusculares tais como Miastenia gravis e pacientes sob tratamento

concomitante com relaxantes musculares, pacientes que seguiram tratamento anterior

com canamicina e/ ou estreptomicina com conseqüente perda da função auditiva de

alta freqüência.

Evitar o uso simultâneo de aminoglicosídeos, cefalosporinas, anfotericina B,

ciclosporina, metoxiflurano ou diuréticos de alça.

A neomicina é contra-indicada no tratamento de infecções causadas por

Pseudomonas aeruginosa.

Não deve ser utilizado durante a gravidez e a lactação.

NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO, PODE SER

PERIGOSO PARA SUA SAÚDE.

INFORMAÇÕES TÉCNICAS

A neomicina determina um erro na leitura do código genético da bactéria, interferindo

na síntese de suas proteínas. A bacitracina inibe a biossíntese da parede celular

bacteriana. Portanto, quando usadas em conjunto, a síntese bacteriana é duplamente

afetada. Evidencia-se um efeito sinérgico destes dois componentes bactericidas, por

exemplo, contra o crescimento de estreptococos, enterococos, pneumococos e

algumas cepas de estafilococos.

A neomicina é efetiva contra microorganismos gram-positivos e particularmente contra

gram-negativos. O espectro de ação da bacitracina compreende principalmente as

bactérias gram-positivas e algumas bactérias gram-negativas.

Nos estudos de toxicidade aguda, obtiveram-se os seguintes valores de DL50:

1.787.500 UI/ kg de peso corporal em ratos, após administração oral de Neomicina e

510.000 UI/ kg de peso corporal nos camundongos, após administração oral de

Bacitracina.

Este produto contém dois antibióticos de uso local e não deve ser administrado

sistemicamente.

As substâncias ativas neomicina e bacitracina são muito pouco absorvidas após

aplicação tópica sobre a pele íntegra ou lesada e sobre as membranas mucosas.

Conseqüentemente, altas concentrações dos princípios ativos são alcançadas no sítio

de aplicação.

INDICAÇÕES:

No tratamento de infecções bacterianas da pele e mucosas, causadas por

microorganismos sensíveis: piodermites, impetigo, eczemas infectados, otite externa,

infecções da mucosa nasal, furúnculos, antraz, ectima, abscessos, acne infectada,

intertrigo, úlceras cutâneas e queimaduras infectadas. Na profilaxia de infecções

cutâneo-mucosas decorrentes de cortes (inclusive de origem cirúrgica), abrasões,

queimaduras pouco extensas, ferimentos produzidos por microorganismos sensíveis.

CONTRA-INDICAÇÕES:

Não deve ser usado quando houver: hipersensibilidade à Neomicina ou aos

outros antibióticos aminoglicosídeos, Bacitracina ou outros componentes da

fórmula, insuficiência renal grave, danos preexistentes no aparelho auditivo ou

no sistema labiríntico; durante a gravidez ou a amamentação.

Não deve ser utilizado em bebês prematuros e nos recém-nascidos em vista da

sua função renal pouco desenvolvida, o que leva ao prolongamento da meia-vida

do produto e, também, pela potencial ototoxicidade e nefrotoxicidade deste

medicamento.

PRECAUÇÕES E ADVERTÊNCIAS:

Gerais: pode ocorrer sensibilidade cruzada se o paciente utilizar outros produtos

contendo antibióticos aminoglicosídeos.

Quando o produto é aplicado em grandes áreas da pele com lesão, pode ocorrer

absorção sistêmica significativa, com risco de nefrotoxicidade ou ototoxicidade,

especialmente se a função renal estiver prejudicada, ou na administração

concomitante de fármacos de uso sistêmico nefrotóxicos ou ototóxicos. Não empregar

para uso oftálmico.

As situações em que o uso de neomicina e bacitracina pomada requer criteriosa

avaliação médica são: pacientes com distúrbios neuromusculares tais como Miastenia

gravis e pacientes sob tratamento concomitante com relaxantes musculares; além

dessas situações, requer-se monitoração em pacientes que já passaram por

tratamento com canamicina e/ ou estreptomicina, com conseqüente perda da função

auditiva de alta freqüência, o que normalmente é subjetivamente imperceptível.

Gravidez: Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem

orientação médica. Informe imediatamente seu médico em caso de suspeita de

gravidez.

Amamentação: Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres que estejam

amamentando.

Pediatria: não é conhecida nenhuma relação idade/efeitos da aplicação tópica de

neomicina e bacitracina, porém não deve ser utilizado em bebês prematuros e nos

recém-nascidos em vista da sua função renal pouco desenvolvida, o que leva ao

prolongamento da meia-vida do produto e, também, pela potencial ototoxicidade e

nefrotoxicidade deste medicamento.

INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS:

Por causa do risco de danos ototóxicos e nefrotóxicos, é importante evitar o uso

simultâneo de outras drogas potencialmente prejudiciais aos ouvidos ou aos rins, tais

como aminoglicosídeos, cefalosporinas, anfotericina B, ciclosporina, metoxiflurano ou

diuréticos de alça. Os antibióticos aminoglicosídeos podem potencializar a ação de

relaxantes musculares.

INTERFERÊNCIA EM EXAMES LABORATORIAIS:

Requer-se monitoração em pacientes que já passaram por tratamento com canamicina

e/ ou estreptomicina, com conseqüente perda da função auditiva de alta freqüência, o

que normalmente é subjetivamente imperceptível.

Deve-se ter em mente que os danos preexistentes no parênquima renal com

conseqüente redução da filtração glomerular, podem levar ao acúmulo de antibióticos

no sangue e acarretar em efeitos lesivos ao aparelho auditivo. A monitorização da

função renal e dos níveis plasmáticos de antibióticos é necessária nestes pacientes.

REAÇÕES ADVERSAS/COLATERAIS:

Podem ocorrer reações alérgicas locais, em aproximadamente 1,5 % dos

pacientes. O médico deve ser avisado quanto ao aparecimento dos seguintes

sintomas: coceira, rash cutâneo, vermelhidão, inchaço ou quaisquer sintomas

não notados anterior ao tratamento e perda auditiva (casos raros).

Como a dose recomendada é baixa, geralmente não se espera nenhum efeito

tóxico. Quando o produto é absorvido sistemicamente, a neomicina pode causar

insuficiência renal, danos no aparelho auditivo e no sistema labiríntico. Embora

o dano renal (albuminúria, aumento do nitrogênio não protéico e cilindrúria) seja

reversível, os danos no aparelho auditivo não o são. Também podem ocorrer

bloqueio neuromuscular, parestesia e dores musculares.

POSOLOGIA:

Aplicar sobre a região afetada uma fina camada do produto 2 a 5 vezes ao dia com o

auxílio de uma gaze.

O tratamento deve ser continuado por 2 a 3 dias após os sintomas terem

desaparecido.

Quando usado em grandes áreas, ou em queimaduras localizadas, a absorção

sistêmica de neomicina não pode ser mensurada. Portanto, para se evitar

complicações, esta forma de tratamento deve ser seguida por curtos períodos, não

maiores que 8 a 10 dias.

SUPERDOSAGEM:

O quadro de intoxicação é improvável caso o produto seja utilizado conforme prescrito.

No caso de superdose, podem ocorrer graves efeitos tóxicos que podem resultar na

perda completa da audição.

PACIENTES IDOSOS:

Não há restrições ou recomendações especiais com relação ao uso deste produto por

pacientes idosos

SIGA CORRETAMENTE O MODO DE USAR. NÃO DESAPARECENDO OS

SINTOMAS, PROCURE ORIENTAÇÃO MÉDICA