Abrir

Televendas

(11) 3990-7450

Bula BINOTAL 500MG COM 6 COMPRIMIDOS

Laboratório BAYER SCHERING

COMPRAR BINOTAL 500MG COM 6 COMPRIMIDOS

Aqui na Farmácia Mix você encontra informações sobre a Bula do Binotal 500mg com 6 comprimidos , indicações, contra-indicações, sua posologia e para que serve o medicamento Binotal, além de saber informações adicionais como a indicação de seu uso, riscos e ainda você tem a possibilidade de adquirir este produto sem sair de casa e receber em qualquer lugar do Brasil.

Composição, Posologia, Indicações e Contra-indicações do Binotal


Saiba pra que serve o produto Binotal 500mg com 6 comprimidos da Bayer schering e todas as suas principais indicações. Leia a bula completa e saiba pra que serve este e como ele funciona nos casos de Infecções dos tratos urinário, respiratório, digestivo e biliar.

Desculpe-nos, nosso estoque para este produto esta esgotado.

Avise-me quando chegar

Principal Indicação

Infecções dos tratos urinário, respiratório, digestivo e biliar.

Ficha Técnica

Nome do Produto: BINOTAL 500MG COM 6 COMPRIMIDOS

SKU: 1130

Código EAN: 7891106001830

Registro Ministério da Saúde: 1705600330010

Princípio Ativo: AMPICILINA

Fabricante: BAYER SCHERING

SAC Fabricante: 0800-723-1010

E-mail Fabricante: [email protected]

Mais informações sobre o produto:

Binotal®

ampicilina triidratada

FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO

Binotal® é apresentado nas dosagens de 500 e 1000 mg na forma de comprimidos em

embalagens com 6, 12, 18 ou 24 comprimidos. Binotal® 500 mg também é apresentado em

embalagens com 500 comprimidos.

Uso adulto e pediátrico

COMPOSIÇÃO

Cada comprimido contém:

? Binotal 500 ........................................................................................ 500 mg de ampicilina

? Binotal 1000 .................................................................................... 1000 mg de ampicilina

Excipientes: manitol, dióxido de silício, talco, aroma, estearato de magnésio, sacarina, ácido

esteárico e amido.

INFORMAÇÃO AO PACIENTE

Desde que corretamente indicado, os sinais e sintomas da infecção tratada com Binotal® devem

ceder após um período máximo de 3 dias. Caso contrário, procure seu médico. Binotal® deve ser

guardado em temperatura ambiente (15º a 30º C), em sua embalagem original. O prazo de

validade é de 2 anos e se encontra impresso na embalagem externa. Quando administrado depois

do vencimento do prazo de validade não produz o efeito desejado, não devendo ser consumido

nesta circunstância. Informe ao seu médico a ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou

após o seu término e também se está amamentando. Recomenda-se tomar o comprimido com um

pouco de líquido, 30 minutos a 1 hora antes das refeições. Siga a orientação de seu médico,

respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento. O tratamento não deve ser

interrompido antes do tempo indicado pelo médico, sem o seu conhecimento. A interrupção do

tratamento leva à recidiva do quadro, com restabelecimento dos sinais e sintomas. Raramente

provoca sintomas gastrintestinais como náusea, vômito, diarréia, ou reações na pele. Informe ao

seu médico sobre o aparecimento de reações desagradáveis.

TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.

Não deve ser usado, sob qualquer circunstância, por pessoas alérgicas à penicilina ou às

cefalosporinas.

Informe seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do início ou durante o

tratamento.

NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO. PODE SER PERIGOSO

PARA SUA SAÚDE.

INFORMAÇÃO TÉCNICA

Binotal® é uma penicilina semi-sintética de amplo espectro, bactericida, pois inibe a síntese da

parede celular, tanto de germes gram-positivos quanto gram-negativos. Após a administração oral

é absorvido em 30 a 60%, e os níveis sangüíneos máximos são alcançados após 90 a 120

minutos. A ampicilina penetra nos tecidos, atravessa a barreira placentária e é excretada no leite

materno.

A excreção se efetua principalmente por via renal na forma não metabolizada, mas também

através da bile e das fezes.

INDICAÇÕES

Infecções do trato urinário, respiratório, digestivo e biliar. Infecções localizadas ou sistêmicas

especialmente causadas por germes do grupo dos enterococos, Haemophilus, Proteus, Salmonella

e E.coli.

Binotal® pode ser administrado durante a gravidez.

Está indicado nas infecções bucais, extrações infectadas e outras intervenções cirúrgicas.

CONTRA-INDICAÇÕES

Pacientes alérgicos à penicilina. Não deve ser administrado a pacientes sensíveis às

cefalosporinas por risco de reação alérgica cruzada.

PRECAUÇÕES

Deve ser usado com cautela em pacientes com antecedentes alérgicos (asma brônquica, urticária

ou febre do feno). Durante a gravidez e na lactação deve ser usado quando estritamente indicado.

Pacientes com infecções virais como mononucleose, leucemia linfática apresentam grande risco de

exantema. Não existem até o momento indícios de carcinogênese, mutagênese, teratogênese ou

alterações de fertilidade.

INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS

O uso concomitante de alopurinol e ampicilina aumenta a incidência de erupções cutâneas. O uso

concomitante com anticoncepcionais orais, diminui a eficácia destes.

REAÇÕES ADVERSAS

Reações cutâneas (morbiliformes, eritema, etc.), alterações gastrintestinais.

Raramente: aumento das provas de função hepática, alterações hematológicas, febre

medicamentosa, nefrite intersticial aguda e outras manifestações alérgicas.

Muito raramente: reações anafiláticas, inclusive choque e convulsão. No caso de colite

pseudomembranosa (diarréia grave persistente) o medicamento deve ser suspenso.

POSOLOGIA

1 comprimido de Binotal® 500 ou 1000 mg a cada 6 a 8 horas, por um período mínimo de 7 dias.

Pacientes em diálise peritonial não necessitam de mudança no esquema posológico.

ADMINISTRAÇÃO E MODO DE USAR

Os comprimidos de Binotal® devem ser deglutidos com um pouco de líquido. A ingestão de

alimentos interfere na absorção de ampicilina, portanto recomenda-se sua tomada 30 minutos a 1

hora antes das refeições.

SUPERDOSE

Reações cutâneas podem regredir espontaneamente em poucas horas ou dias. O controle destas

pode ser obtido com a administração de anti-histamínicos. Ao primeiro sinal de reação alérgica,

administrar imediatamente 0,3 a 1 ml de adrenalina intramuscular ou, em casos severos, 0,2 ml

diluídos via endovenosa. Outras doses podem ser necessárias, caso não se observe melhora. A

urticária pode ser tratada com corticosteróides por via oral. A ampicilina pode ser removida pela

hemodiálise.

VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA

Nº de lote, datas de validade e fabricação: vide cartucho.